Fabio Augusto de Souza - Biólogo

Fabio Augusto de Souza - Biólogo

Fábio Augusto de Souza - Biólogo - CRBio 56764/01-D pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUCC).
Aluno da pós-graduação em Entomologia Urbana no Centro de Estudos de Insetos Sociais (CEIS) da Universidade Estadual Paulista (UNESP).
Especialista Ambiental na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).
Técnico Ambiental na Escola Técnica Estadual de São Paulo (ETECAP).
Possui ciclo de Cursos avançados de controle integrado de pragas e atuação em projetos de identificação e controle de insetos pragas no Instituto de Zootecnia de Nova Odessa (IZ).

Quarta, 10 Junho 2020 15:23

Formiga

 

As formigas estão presentes em quase todos os ecossistemas, exceto em regiões polares, em algumas ilhas oceânicas e em grandes altitudes. O ‘segredo’ do sucesso, alta especialização, divisão de tarefas, e muito trabalho.

As formigas possuem papel relevante em muitas comunidades, exibindo perfis detritívoros, granívoros e herbívoros, além de serem predadores de diversos artrópodes, muitos deles pragas agrícolas.

Contribuem para o reflorestamento e equilíbrio de ecossistemas por realizarem diversas atividades, dentre elas a dispersão e promoção da germinação de sementes, estimulação do crescimento vegetativo de algumas plantas por meio de podas constantes, aeração e aumento da fertilidade do solo pela incorporação de matéria orgânica.

Quarta, 10 Junho 2020 15:09

Pulgas

 

 

As pulgas são insetos pequenos (1 a 8,5 mm de comprimento), desprovidos de asas, e vivem como parasitas externos de animais domésticos e silvestres e do próprio homem, alimentando-se de sangue.

Algumas espécies apresentam especificidade de espécie hospedeiro, outras embora apresentando hospedeiros preferenciais, podem sugar outros animais, daí sua importância na transmissão de doenças. As espécies de maior importância são:

 

  • Pulex irritans e a que mais frequentemente ataca o homem, embora também possa se alimentar de outros hospedeiros.
  • Xenopsylla cheopis e a pulga dos ratos domésticos, e e a principal transmissora da peste bubônica e do tifo murinho ao homem. Foi introduzida em todos os países do mundo com o rato preto (Rattus rattus) e ratazana (Rattus norvegicus) em navios mercantes, particularmente na segunda metade do século XIX.
  • Ctenocephalides sp São parasitas preferenciais do cão e do gato.
  • Tunga penetrans vulgarmente conhecida como bicho-de-pé. Geralmente ocorre em solos arenosos. Os principais hospedeiros são porcos, homem, cão e gato. No homem, prefere penetrar principalmente na sola plantar, calcanhar, canto dos dedos, etc.

 

Em geral as pulgas se movimentam bastante e suas patas posteriores estão adaptadas para saltarem de 17 a 20cm verticalmente e 35 a 40 cm horizontalmente (menos a espécie Tunga penetrans)

 

Quarta, 10 Junho 2020 13:13

Moscas

 

moscas 01

As moscas são encontradas por toda parte, sendo a quarta maior incidência de insetos, com 110.000 espécies.

Dispersam se ao acaso, de preferencia para os locais de maior atratividade devido aos odores levados pelo vento.

Na área urbana, as mais importantes são MUSCA DOMESTICA e FANNIA SP

 

  • MUSCA DOMESTICA

Seus hábitos procriam em material orgânico em decomposição, principalmente no lixo. Alimentam se de fezes. Pousam em todos os locais, contaminando utensílios e alimentos.

 

  • FANNIA SP

Seus hábitos voam aleatoriamente do nascedouro para os alimentos, carregando patógenos, podendo transmitir várias doenças. Também podem transmitir vermes intestinais.

Segunda, 01 Junho 2020 16:00

Cupins

 

Para exterminar os cupins necessita-se primeiro estabelecer quais as táticas a serem utilizadas, os tipos de cupins a serem combatidos, os locais onde os tratamentos em ser feitos, a extensão de cada tratamento, e a forma de execução (produtos a serem utilizados, métodos de aplicação etc.).

No Brasil existem basicamente três espécies de cupins que são consideradas pragas urbanas:

 

Cupins de madeira seca: cujas colônias localizam-se inteiramente dentro da madeira.

Cupins subterrâneos: cujos ninhos são ocultos no solo ou dentro de cavidades e chegam até as madeiras através de túneis.

Cupins arborícolas: que constroem seus ninhos em arvores, mas podem ser encontrados em telhados e forros de gesso.

Sendo assim para cada espécie existe uma tática diferente de combate, por isso a necessidade de empresas especializadas para esse fim.

 

Segunda, 01 Junho 2020 15:12

Morcegos

 

Chiroptera é formada por mais de 1.200 espécies, o que faz com que os morcegos sejam uma das maiores ordens de mamíferos.

Os quirópteros se dividem em duas subordens: megamorcegos e micromorcegos.

Os megamorcegos – São conhecidos como raposas-voadoras – eles possuem uma visão extraordinária e se alimentam de várias frutas e néctar.

Os micromorcegos têm como principal característica a eco localização e um apetite por insetos e sangue.

Uma grande colônia de morcegos, não é necessário investir em pesticidas nocivos para a agricultura. Isso porque um único morcego come mais de 600 insetos por hora – o que faz desse animal uma excelente alternativa orgânica no controle de pestes. Com a ajuda deles, a agricultura economiza bilhões de reais.

Esse recurso se encontra ameaçado. Os cientistas buscam entender como será no futuro desses animais na América do Norte na próxima década, já que eles estão sofrendo com a perda de hábitat e com doenças.

Algumas espécies de morcegos se alimentam de sangue, mas, essas criaturas não chupam o sangue dos animais, eles usam seus dentes afiados para fazer um pequeno corte na pele do animal.

Apenas duas colheres de sopa são uma dose diária suficiente para o morcego e uma quantidade que não causa nenhum prejuízo à vítima. Ainda, a saliva dessas espécies é composta por uma substância anestésica que impede que o animal sinta o corte.

De ponta cabeça!! Isso mesmo...Essa posição é fundamental para que os morcegos conservem energia. Isso tudo porque o sistema circulatório desses animais é bastante diferente do nosso.

 

 

Os morcegos passaram por adaptações que garantem que o sangue seja bombeado para as extremidades e distribuído igualmente em todo o seu corpo quando ele está de ponta-cabeça.

Sexta, 29 Mai 2020 18:42

Abelha azul

 

Abelha Carpinteira Azul

 

 

Essa espécie rara e selvagens foram encontrada na Flórida, nos Estados Unidos, seu nome cientifico é abelha-carpinteira-azul. O animal foi descrito pela primeira vez em 2011 e desde então os pesquisadores não tinham certeza se ainda existia.

Abelha-carpinteira-azul é raríssima e raríssima vive em matagais de pinheiros, no Lago Wales, no centro da Flórida.

 

 

Essas espécies raríssimas da região fazem parte da história geológica da Flórida. Durante muito tempo boa parte do estado esteve submerso, então suas áreas de dunas funcionavam como ilhas isoladas, proporcionando habitats únicos. Dessa forma, surgiram diversos animais e plantas diferenciados.

Quinta, 14 Mai 2020 17:32

Controle de insetos

 

A elevada importância das doenças transmitidas por insetos vetores no Brasil, tais como dengue e malária, aponta para a relevância de estudar os métodos de controle desses vetores, tanto nos aspectos técnicos como teóricos. Hoje, são usados ou estudados diferentes métodos alternativos ao controle químico como, por exemplo, os controles ambiental, biológico, genético e mecânico. Ao mesmo tempo, parece ser consenso que a melhor estratégia de controle de vetores é a do manejo ou controle integrado de vetores (CIV), que objetiva a utilização racional, integrada e sinérgica das diferentes técnicas dos diferentes métodos de controle.

 

Controle integrado de vetores

 

Dessa forma, para a construção de um eficaz projeto de CIV é pertinente ter, além de um adequado conhecimento das características bioecológicas e comportamentais das espécies alvo, uma boa compreensão das técnicas e métodos de controle com suas características, possibilidades, vantagens, desvantagens e limitações. A utilização das diferentes técnicas (inseticidas, armadilhas, insetos estéreis, mosquiteiros, feromônios ou leis) deve ser claramente entendida e orientada por um escopo teórico estável e coerente das ações de controle, para que essas técnicas sejam usadas de forma harmônica e sinérgica.

No entanto, existem diferentes classificações dos métodos de controle de vetores na literatura. Nosso objetivo é fazer uma análise crítica das diferentes classificações dos métodos de controle para insetos vetores conhecidas e avaliar a existência de uma coerência e estabilidade capaz de orientar a elaboração de projetos de CIV.

Terça, 17 Março 2020 00:26

Desinfecção / Sanitização

 

DESINFECÇÃO / SANITIZAÇÃO

É por meio da sanitização/desinfecção do ar e das superfícies que eliminando vírus, fungos, mofo, bactérias e ácaros, eliminamos também do ambiente, qualquer patógeno de doenças respiratórias, como, bronquite, rinite alérgica, asma, gripe e resfriados.
Nossa metodologia e produtos não deixa cheiro, não mancha superfície, equipamento ou objeto, não causa nenhum tipo de processo alérgico, é absolutamente seguro ao homem, os animais e ao meio ambiente.

 

COMO É O TRATAMENTO

Nosso quadro de colaboradores altamente especializados no serviço de controle de risco biológico de ambientes fechados, residenciais e empresariais. Nossos agentes sanitários são profissionais com larga experiência em processos de sanitização/desinfecção. Nossas equipes de aplicação são regularmente treinadas e capacitadas, tanto para o correto uso dos equipamentos e processos, quanto em atendimento ao cliente.


A MANEJO é uma empresa especializada na prestação de serviços para controle de risco biológico em ambientes fechados. É nossa preocupação básica, a saúde humana e a qualidade de vida de clientes residenciais e empresariais.
Somos uma empresa que tem como objetivo a sanitização/desinfecção do ambiente humano, com procedimentos tecnológicos, objetivando identificar, remover e bloquear a proliferação de vírus, fungos, bactérias e ácaros que provocam uma série de doenças e patológicas. Tornamos os ambientes fechados em ambientes saudáveis. Qualidade de vida, bem-estar e a saúde de sua família, clientes e colaboradores são nossos objetivos e nossa proposta.
A execução de nossos serviços será realizada conforme a conveniência de horário e dia definidos pelo cliente, podendo ser realizado a qualquer dia e horário, exigindo-se apenas o afastamento do local no momento da aplicação e por até 3 horas após o término deste.
Nosso método, equipamentos, produtos e pessoal técnico altamente especializado, garantem a máxima segurança e altíssimos níveis de qualidade durante os serviços prestados, e com isso não colocamos em risco a integridade dos ambientes, equipamentos, móveis e objetos de nossos clientes.

 

PROCESSO DE APLICAÇÃO

- Analise técnica dos ambientes que serão tratados antes da aplicação;
- Identificação de risco biológico de cada ambiente a ser tratado;
- Identificação das áreas críticas e os métodos que serão utilizados em cada área;
- Arrumação e preparação dos locais a serem tratados;
- Início da aplicação em todos os locais e superfícies do ambiente;
- Desinfecção da central de ar e aparelhos de ar condicionado;
- Arrumação dos ambientes tratados;
- Relatório técnico de aplicação e entrega de certificados de garantias específicas;
- Aplicações de repasse pontuais (caso seja necessário);

 

A Manejo tem as melhores solução para desinfecção de ambientes. Entre em contado e solicite um orçamento sem compromisso.

Segunda, 20 Janeiro 2020 18:11

Controle de Pragas

 

Controle de Pragas

 

Para um controle de pragas ser eficiente e obter um resultado satisfatório, precisa ser elaborado um plano eficiente de combate as pragas que se proliferam no estabelecimento. Um estudo detalhado da situação por uma empresa especializada e certificada nos órgãos competentes, é o primeiro passo para a idealização do plano de controle de pragas.

 

Definições

 

Pragas Urbanas - animais que infestam ambientes urbanos podendo causar agravos à saúde e/ou prejuízos econômicos.

 

Vetores - artrópodes ou outros invertebrados que transmitem infecções, através do carreamento externo (transmissão passiva ou mecânica) ou interno (transmissão biológica) de microrganismos.

 

Controle Integrado de Pragas - sistema que incorpora ações preventivas e corretivas destinadas a impedir que vetores e pragas ambientais possam gerar problemas significativos. É uma seleção de métodos de controle e o desenvolvimento de critérios que garantam resultados favoráveis sob o ponto de vista higiênico.

 

Medidas Preventivas - compreendem as Boas Práticas de Fabricação/Operação e os trabalhos de educação e treinamento, visando evitar infestações.

 

Medidas Corretivas - compreendem a implementação de barreiras físicas e armadilhas, sendo que tais medidas são complementadas pelo Controle Químico.

 

Controle Químico - é aquele que visa eliminar as pragas a partir da utilização de praguicidas (desinsetização e desratização). O controle químico, apesar da ênfase maior em ações preventivas, também está presente, mas tem papel coadjuvante, complementar à orientações de limpeza e higiene.

 

Certificado ou Comprovante de Execução do Serviço - documentos que as empresas são obrigadas a fornecer ao final de cada serviço executado.

 

Segunda, 02 Setembro 2019 19:29

Cupim de madeira seca

 

Os cupins de madeira seca são grandes causadores de prejuízo mundo a fora. O Cryptotermes brevis é uma das espécies de térmitas (em Portugal se fala térmitas), que é também conhecido pelo nome comum de térmita-da-madeira-seca. Essa espécie pode completar seu ciclo de vida sem qualquer fonte de água externa, se instalando no interior de estruturas de madeira seca e em praticamente qualquer estrutura que lhe ofereça as condições necessárias para sua procriação e apenas emergindo do interior da madeira para o acasalamento.

A espécie Cryptotermes brevis tem sido introduzida de forma acidental nas regiões dos trópicos e subtrópicos, passando a ser considerado pragas urbanas de grande poder de destruição  quando encontra as condições ideais para o seu desenvolvimento e de sua colônia.

Página 1 de 7

Pesquisa

Precisando de dedetização, descupização, desratização?